Coletivo Veredas





Manual para a publicação de textos no Coletivo Veredas


 

Elaboramos este manual para oferecer as orientações gerais sobre como publicar um texto no Coletivo Veredas.

 

1º passo:

 

Encaminhar, ao Coletivo Veredas (coletivoeditorial2015@gmail.com), o texto a ser publicado dentro do prazo definido. Para os livros a serem publicados em 2018, o prazo é até 19 de fevereiro de 2018.

A seleção dos livros a serem publicados é feita pelo conjunto dos membros do coletivo segundo critérios definidos nas Regras de Funcionamento (ver no site).

 

2º passo:

 

Uma vez o texto aprovado, inicia-se a fase da preparação do texto para ser impresso. Esta etapa é composta da revisão de português e da diagramação.

Antes de iniciarmos a revisão de português e a diagramação, os autores são avisados dos valores a serem pagos e a data limite do pagamento. Após o pagamento inicia-se a revisão e a diagramação.

Nessa etapa: o Coletivo envia o texto ao revisor, que o devolve ao Coletivo. O Coletivo envia de volta aos autores para as últimas alterações e, os autores devolvendo ao Coletivo, tem início a diagramação.

Após a revisão do autor, portanto, tem início a diagramação.

Atenção: a partir desse momento, o autor apenas poderá apontar erros ocasionados pela diagramação, não sendo mais possível fazer quaisquer mudanças no texto em si (tais como: palavras, frases, capítulos, nomes de autores, etc...). Ou seja, se por exemplo, uma palavra em itálico veio sublinhada ou sem itálico, uma letra maiúscula ficou minúscula, um parágrafo colou no outro etc. Mas não mais será possível corrigir outros erros que passaram pela revisão do revisor de português e do autor. Assim, se na revisão de português passou um “serto” ao invés de “certo”, vai ficar com o “s” mesmo.

A razão dessa rígida separação entre as etapas da revisão e da diagramação é o fato de que os diagramadores terão que fazer as correções à mão, caso a caso, não mais sendo possível ao autor fazer, ele próprio, as correções, como em todas as etapas anteriores. E a razão pela qual os autores não podem fazer eles mesmos as correções é devido ao programa que se usa para diagramar, o InDesing, que nem todos sabem mexer.

A primeira diagramação é enviada aos autores, para as correções devidas. Neste momento serão corrigidos apenas, e tão somente, os erros relacionados a diagramação. Os autores enviam de volta as correções para o Coletivo que faz a diagramação “quase” final e, então, tem início o contato com a gráfica.

 

3º passo:

 

negociação com a gráfica é feita já sabendo o número de páginas de cada texto, o projeto gráfico da capa e a tiragem que cada autor deseja para seu texto. O mínimo é 1000 exemplares, mas o preço final de cada exemplar cai muito com uma tiragem de 1500 ou 2000 exemplares. Consulta-se diversas gráficas, os orçamentos são comparados e tomada a decisão de onde imprimir, tem início a etapa final.

Nessa etapa obtém-se também o ISBN dos títulos (esse ano custou pouco mais de R$ 40,00 por título) e se faz a ficha catalográfica (esse ano foi feita de graça, mas nem sempre temos essa sorte).

As gráficas oferecem melhores preços se pagamos 50% no início dos trabalhos e 50% ao término. Assim é feito: o Coletivo encaminha aos autores o prazo para o depósito de cada parcela de 50%.

 

4º passo:

 

 O Coletivo envia à gráfica o pdf dos livros e as capas e recebemos de volta, da gráfica, os “bonecos”. Estes são livros impressos em impressora e não em gráfica, para a gente ter uma ideia detalhada de como ficarão. Outras vezes, os “bonecos” vêm digitalmente. Uma vez aprovados os bonecos (a aprovação é feita pela comissão editorial do Coletivo), os livros são impressos.

 

5º passo:

 

transporte: sabendo o valor do transporte, divide-se o valor do frete entre os autores (o critério é o peso, em quilos, de cada texto) e inicia-se o transporte.

Com isso, os livros estão prontos! Agora é a melhor parte, divulgar as ideias revolucionárias.


 

Quanto custa publicar um livro no Coletivo Veredas?

 

O Coletivo não visa lucro. A diagramação que é paga é para cobrir os custos do site (pelo qual também se vendem livros) e do programa de diagramação mais os custos de impressão necessária nessa etapa. O custo do revisor de português, um bom profissional, é repassado sem acréscimo aos autores. Idem para os custos da gráfica e do transporte.

 

Exemplo de orçamento para um livro com uma média de 200 páginas (já diagramado) em 2017:

 

Correção gramatical e ortográfica: 600,00

Diagramação: 200,00

Gráfica: 5.600,00

Transporte: 260,00

ISBN: 43,50

Total: R$ 6.703,50

Preço unitário (1.000 exemplares): R$ 6,70


 

Mas, atenção, esses preços são do ano 2017, apenas para uma referência geral. Em anos futuros certamente não serão os mesmos.

 

Nossa experiência tem sido a de que os textos revolucionários vendem cerca de 1.000 exemplares no prazo de um a dois anos. Raros são os casos em que isso não ocorre.

Como é realizada a venda?

A maior parte das vendas ocorre em eventos, onde montamos banquinhas. A segunda fonte de vendas é o site. Estamos, também, tentando alguns vendedores, mas até agora a quantidade vendida por esse meio tem sido pequena. A participação dos autores nessa etapa tem sido sempre decisiva.


 

Mas, antes de tudo...

 

Algumas indicações importantes em como preparar seu texto para publicar sob a forma de livro:

 

A)

 

Se seu futuro livro for uma tese ou dissertação, faça uma cuidadosa revisão do texto. Pense que o leitor não será a banca: faça o seu texto o mais claro possível. Procure frases diretas, parágrafos não muito longos. Em geral, uma redução de 15% a 20% no número de páginas já torna o texto mais direto, enxuto e claro. Corte todos os adjetivos e advérbios que não sejam imprescindíveis. Se puder escrever "do trabalho" ao invés de "laboral", "de Marx" ao invés de "marxiano" etc., o faça. O leitor agradece.

 

B)

 

Não, mas, não mesmo, use títulos e subtítulos enormes. Isso tem algum sentido, por vezes, numa tese acadêmica. Mas não é bom em um livro. O leitor tende a não comprar um livro com um título que leva tempo para ler em uma banquinha de venda ou na prateleira de uma livraria. Há muitos títulos, ele está passando os olhos em todos... não se detém em um título longo. O mesmo para capítulos e para subtítulos em capítulos. O bom são títulos, subtítulos etc. que não vão além de 3 palavras.

 

C)

 

Se for uma coletânea: envie ao Coletivo Veredas a coletânea montada, isto é, na ordem que deseja que os artigos apareçam, com os títulos e subtítulos uniformizados, com a forma de citação e referência uniformizada etc. Lembre-se: isso não é parte da diagramação do livro pelo Veredas, mas da redação do mesmo pelo autor ou autores.

 

 

Qualquer dúvidas, entre em contato conosco!

 

 

Coletivo Veredas

SITE: www.coletivoveredas.com

FACEBOOK: www.facebook.com/coletivoveredas/

E-MAIL: coletivoeditorial2015@gmail.com